poema ébrio

.

Hoje tomei um bom vinho e quase me embriaguei.

Vinho tinto, envelhecido, com sabor de uva fresca, que achei

.

nas estantes de uma adega, de onde quase ninguém leva.

Essa maravilha dos deuses nos dignifica e enleva!

.

Como já havia um bom tempo que não o saboreava,

fui com sede demais ao pote, e quase não acordava

.

depois de tirar a sesta – sagrada pra mim. Já é mania.

Vinho tinto é saboroso, mas deguste com sabedoria.

.

Um vinho em pequenas doses, pode até ser bom pro tédio,

pra tristeza, depressão. Para o humor, então, é um remédio!

.

Por isso querido amigo, tome um vinho quando puder,

e, se pensar em me ver, traga um “bom”, quando vier.

Anúncios

5 Respostas to “poema ébrio”

  1. Legal!! Levarei vinho. Qual a preferênca??
    bj

  2. marina loureiro Says:

    Gostei muito

  3. jilberto Says:

    Meu caro, Osvaldo
    Seus poemas são tão bons quanto um vinho tinto envelhecido.
    Convém saboreá-los.
    Abraços.

  4. Imael Júnior Says:

    Espero poder chegar com ele cheio, talvez a viagem seja muito tediosa e a garrafa de vinho deliciosa.
    Belo.

  5. Karinne Says:

    ô.. maravilhaaaaaa…
    Vinho…
    concordo com o jilberto
    d+!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: