miragem

.

Eu hoje te vi na rua, tão elegante, “na sua”,

que parei pra admirar tua beleza, quase nua…

Fiquei ali por um tempo, pensando com meus botões:

– Que coisa linda, meu Deus! – Que alegria pros corações!

.

Parecias uma miragem, um sonho, um conto de fadas.

Tu foste sumindo aos poucos, pra minha visão já cansada,

pois com a idade se turva, sem deixar de perceber

a vida que irradias por onde passas, sem saber.

.

Cada passo que davas indo embora, em direção ao adeus,

soava pra mim como sons celestiais, liras de Zeus.

Enquanto ias, meu ser agonizava, mas contigo me deliciava.

Que afago era teu andar. Teu cabelo esvoaçava!

.

Por fim dobraste a esquina, e te perdi por entre as gentes

que passavam sem se dar conta de que o dia era mais dia

pela luz que vinha de ti e ninguém a percebia,

tão ocupados com insignificâncias ditas urgentes.

.

Tanto tempo já se passou desde que te vi naquela rua,

mas até hoje me lembro como se fosse há um instante

e ainda nutro a esperança de te ver de novo, o bastante

pra ganhar de novo um pouco mais de vida com essa luz tua.

4 Respostas to “miragem”

  1. Jilberto Says:

    Oi!
    Não resta dúvida que se trata de uma bela miragem.
    Abraços.

  2. Jilberto Says:

    Olá!
    Não resta dúvida de que se trata de uma miragem maravilhosa.
    Abraços.

  3. Muitas vezes nos pegamos assim, vendo miragens. Parabéns por mais essa obra belíssima.

  4. Marcia Says:

    Linda miragem
    Um oásis em pleno deserto…………

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: