estou cansado

.

Estou tão cansado dessa superficialidade…

Por mais que procure mostrar o caminho do pensamento dialético, mais me perco na desilusão da utopia.

Por que é tão difícil para o humanóide, que chamam de homem, parar para pensar um pouco? Estará a espécie humana em extinção? Parece que sim. Não encontro mais ninguém interessado em divagar por temas abstratos. Sem nenhum compromisso com o  certo ou o errado. Simplesmente divagar. Conjecturar. Imaginar. Sonhar. Supor.

Em contraponto eu ouço, e chega a me doer na alma, notícias do submundo, da vida alheia, dos clubes, das nações, dos familiares, tudo desprovido de conteúdo. Apenas narrativas e opiniões absurdas. Lastimável. Quanto tempo perdido. Quanta oportunidade de crescimento espiritual jogada fora.

Eu venho me perguntando cada vez mais frequentemente o porquê desse comportamento. Por que todos estão fugindo do Real? Por que estão se escondendo, e de quê? Será que não percebem que esse tipo de conduta não vai levá-los a nada? A lugar nenhum?

Acho que a Terra está parando e a força da gravidade está levando todo mundo para as Infradimensões. Para o mais-quente. Para o mais-escuro. E ninguém se dá conta. Estamos vivendo uma época em que imitar os animais é o mais interessante. Os animais não têm o poder de pensar, de escolher. Vivamos como homens.

Tenho vontade de gritar, de implorar a todos, chamar sua atenção para o que está por vir. Aliás, já está vindo. Aliás, já chegou. Pobre da gente. Míseros vermes cheios de presunção, arrogância, pendurados em títulos e pompas,  etiquetas e formalidades, mentiras e falsidades…

Como eu tenho vontade de reunir os homens de boa-vontade e fugir para outro planeta, outra galáxia, sei lá! Para bem longe dessa podridão toda. Dessa promiscuidade desenfreada. Não quero continuar a viver na pocilga. Não quero viver entre porcos, que não têm a menor noção do que fazem, do que querem, de para onde vão. Vivem por viver.

Eu não! Quero crescer. Quero evoluir. Sei que tenho que olhar para dentro e achar meus defeitos. E quando os achar, eliminá-los. Mas para isso tenho que não me identificar com os demais. Não ter os mesmos gostos. Não falar a mesma língua, já tão atrofiada por falta de uso consciente. Não macular meus chakras com palavras e pensamentos chulos.

Vou seguir esse difícil caminho, difícil mas possível.

Estou cansado, isolado, no silêncio , e no escuro.

Me conforta que esteja nos umbrais da Luz.

Anúncios

4 Respostas to “estou cansado”

  1. Celma Bueno Says:

    Quando você for fugir para outro planeta ou outra galáxia , me dá uma caroninha? (rs) Parece que você penetrou nos meus pensamentos. Assim tenho me sentido em relação ao mundo em geral. É claro que sempre temos as nossas exceções. Não sou totalmente descrente do ser humano.
    Mas tá esquisita a coisa.
    Abraços.

  2. Helena Says:

    Quando você vai? Cabe mais um? “Vamos fugir pra outro lugar…”

  3. MARIA DO CARMO Says:

    Também quero ir

  4. SÔNIA MARIA DE AZEVÊDO SOARES Says:

    OLHA, CADA DIA MAIS TE ADMIRO COMO PESSOA, COMO AMIGO, COMO POETA. OBRIGADA POR SER MEU AMIGO.
    BEIJOS.
    SÔNIA SOARES

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: